" O CANTE " 
uma  maneira de estar no mundo ...

CANCIONEIRO ALENTEJANO

PADRE ANTÓNIO MARVÃO

 "  Para que um dia possam ser elevadas à categoria de publicidade , temos reunidas em manuscrito , uma colecção de mais de trezentas modas alentejanas , com a respectiva música e letra . Pena é que até hoje não tenha sido possível o seu aparecimento ,  pois as entidades oficiais às quais as enviei , vai  para três anos ... a forma de nunca mais se conseguir a sua publicação  ... "

                                                                                          ( Padre António Marvão )

                                                                                    

 O CANCIONEIRO ALENTEJANO 

É uma livro que conta no seu acervo mais  de  trezentas modas de todo o Alentejo recolhidas pelo autor em 1955 . O trabalho em causa consiste  em trazer à luz do dia todo este património  e traduzi-lo em linguagem audível para todo e qualquer cidadão . O objectivo é não só divulgar a obra do autor como despertar o interesse  dos Grupos Corais  empenhados  na preservação  e divulgação do cante  . A TVPOEJO está empenhada no projecto e irá divulgar ao longo do ano todo o trabalho por nós realizado . Um poderoso auxiliar do ensino do CANTE nas escolas e muito  em especial  no ensino básico , onde as autarquias têm sempre uma participção activa.


 MODA N. 1

   AO PASSAR A  RIBEIRINHA  Moda recolhida pelo Padre António Marvão em  Peroguarda no ano de 1955 . Hoje faz parte do reportório de muitos dos nossos grupos corais 

MODA n. 9

Menina da Saia Branca

Mais uma bonita moda do CANCIONEIRO ALENTEJANO  cantada em BERINGEL no ano de 1955 . O nosso cancioneiro é muito rico em lindas e graciosas modas ... "  umas  dolentes umas outras mais alegres "  ... para se cantarem  em andante , vagarosamente  pelas ruas ds povoações " escreve o PADRE MARVÃO na sua majestosa obra  . Vamos dando  vida ao CANTE  à  "NOSSA MANEIRA"  é uma tarefa "inglória" ... vamos fazendo caminho caminhando ... ainda que o horizonte seja  negro ... tal como se lamentava o autor  num dos seus escritos .

Moda n. 10

AO ROMPER DA BELA AURORA

Mais uma bonita moda  do CANCIONEIRO ALENTEJANO  recolhida em BERINGEL  

no ano de 1955